18 de julho de 2024 10:36

Primeiro "ponto de ônibus digital" está em fase de teste em Osasco
Santana de Parnaíba inicia comemorações ao dia de Santa Ana
Água jorra a 5m de altura após rompimento de adutora
Motorista larga ônibus com passageiros na Raposo Tavares e vai para casa
Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C

18 de julho de 2024 10:36

Primeiro "ponto de ônibus digital" está em fase de teste em Osasco
Santana de Parnaíba inicia comemorações ao dia de Santa Ana
Água jorra a 5m de altura após rompimento de adutora
Motorista larga ônibus com passageiros na Raposo Tavares e vai para casa
Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C
Três vereadores e cinco funcionários pegaram Covid na Câmara de Osasco

(Divulgação)

Da redação     -
25 de novembro de 2020

De acordo com a assessoria de imprensa, oito pessoas estão com Covid-19 na Câmara de Osasco. Três são vereadores e cinco funcionários. Dos parlamentares contaminados o caso mais grave é do vereador Ni da Pizzaria. Conforme boletim médico, emitido por sua assessoria, às 15h, desta quarta-feira, 25, ele começa a responder ao tratamento mas ainda está na UTI e respira com ajuda de aparelho. Na tarde de ontem, vereador Ribamar Silva, presidente da Casa, teve alta médica do Hospital Antônio Giglio onde ficou internado por uma semana. O terceiro parlamentar a contrair o vírus foi Rogério Santos que apresentou sintomas leves, ficou isolado em casa e já está curado da doença. O estado de saúde dos cinco funcionários não foi divulgado. A Câmara de Osasco suspendeu as sessões ordinárias por 14 dias e permanece fechada até que o governo do estado dê um novo parecer sobre a pandemia. A suspensão dos trabalhos, segundo a presidência, é justamente para evitar a disseminação do vírus no local. Na região, esta é a única Câmara que não realiza sessões, as demais trabalham de forma online ou, até mesmo, presencial.

Na manhã desta quarta-feira, circulou nas redes sociais o anúncio da morte do vereador Ni. Em nota, enviada à imprensa, a assessoria da Câmara disse que a notícia é falsa. Ni pegou a forma severa da doença que comprometeu 80% de seus pulmões. Ele está internado desde o dia 17 de novembro, após ser atendido no Pronto Socorro do Jardim D´Abril, na divisa com São Paulo, e transferido para o Antônio Giglio.

Nesta segunda-feira, 30, o governador João Doria deve anunciar reclassificação do Plano SP de reabertura e retomada da economia. A região de Osasco está na fase Verde, uma antes de tudo voltar ao normal. Com o aumento do número de casos e mortes na Grande São Paulo, não está descartado o fechamento total, novamente, com regressão à fase Vermelha, a mais restritiva, na qual só permanecem funcionando serviços essenciais.