27 de maio de 2024 18:43

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 18:43

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Vereador denuncia paciente com câncer avançado e exames normais em Carapicuíba

Divulgação

Graciela Zabotto    -
25 de abril de 2024

Na terça-feira (23), durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Carapicuíba, o vereador doutor João Naves (PSD) criticou a situação da saúde pública no município.

“Vai no Pronto-Socorro agora para ver o estado de calamidade que está. No domingo entrei no Pronto-Socorro e estava uma coisa de louco”, afirmou o vereador.

“Outro dia estou no meu plantão e não consigo entrar no centro cirúrgico por causa da quantidade de pessoas que me procuram pra viabilizar algum exame ou alguma coisa pra eles”, completou.

Apesar de reconhecer o trabalho do prefeito Marcos Neves em diversos aspectos do município, o vereador ressaltou que questões básicas de saúde precisam ser priorizadas.

“A gente tem o mérito do prefeito Marcos Neves que está fazendo um bom trabalho em vários aspectos do município, mas existem questões básicas que tem que ser viabilizado para essas pessoas que estão aqui dentro. O povo carente e necessitado está sofrendo com o descaso na saúde, infelizmente”, afirmou o parlamentar.

O vereador também criticou a qualidade dos serviços médicos nos postos de saúde, citando um caso de uma paciente com câncer de colo uterino avançado que teve dez exames de papanicolau classificados como normais.

“Eu peguei uma menina no meu consultório com câncer de colo uterino avançado e com dez papanicolau feitos no município e tudo classe 2, ou seja, normal. É uma deficiência no atendimento nos postos de saúde porque não existe uma gestão determinada em fazer um bom trabalho”, declarou o vereador.

As críticas de João Naves ocorreram durante a votação do Projeto de Lei 3305/2024, de autoria do vereador professor Ladenilson, que dispõe sobre a criação do espaço ‘Sala do Afeto’ (Calm Zone), destinado a acolher crianças, adolescentes e adultos autistas, bem como seus acompanhantes, em momentos de crise de ansiedade e agitação, em diversos estabelecimentos públicos e privados do município.

O projeto foi aprovado em primeira discussão e aguarda aprovação em segunda discussão para seguir para sanção ou veto do prefeito Marcos Neves.