18 de julho de 2024 09:05

Primeiro "ponto de ônibus digital" está em fase de teste em Osasco
Santana de Parnaíba inicia comemorações ao dia de Santa Ana
Água jorra a 5m de altura após rompimento de adutora
Motorista larga ônibus com passageiros na Raposo Tavares e vai para casa
Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C

18 de julho de 2024 09:05

Primeiro "ponto de ônibus digital" está em fase de teste em Osasco
Santana de Parnaíba inicia comemorações ao dia de Santa Ana
Água jorra a 5m de altura após rompimento de adutora
Motorista larga ônibus com passageiros na Raposo Tavares e vai para casa
Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C
Vôlei Barueri não evita derrota contra o Minas

(Foto Caio Henrique)

Da redação     -
24 de novembro de 2020

O São Paulo/Barueri novamente atuou com muita aplicação tática, mas não conseguiu fazer frente ao Minas, um dos grandes favoritos ao título da Superliga 2020/21, e saiu derrotado do ginásio José Correa por 3 a 0, com parciais de 25-15, 25-20 e 25-23. Mesmo com a derrota, Lorrayna foi um dos grandes destaques da partida. Com 16 pontos, a oposta canhota do Tricolor foi a maior pontuadora da partida, ao lado da norte-americana Dani Cuttino, do Minas. No primeiro set o time comandado por José Roberto Guimarães até conseguiu equilibrar a partida, mas a equipe mineira segurou uma vantagem de quatro pontos e, no finalzinho da parcial, ampliou, para fechar tranquilamente, por 25 a 15.

A grande válvula de escape do contra-ataque de Barueri foi a capitã Maira, autora de cinco pontos na primeira parcial. No segundo set, atento na defesa e errando menos do que nas partidas anteriores, o Barueriaté conseguiu, em alguns momentos, brigar de igual para igual com o adversário. Porém, quando o marcador apontava igualdade em 16 pontos, a recepção paulista começou a desandar. Com o jogo desestruturado, o Tricolor nada pôde fazer para conter o poderoso ataque mineiro perdendo por 25 a 20. Na terceira parcial, o São Paulo conseguiu fazer seu melhor set, que foi equilibrado até o 22 a 22. No finalzinho da parcial, Thaisa, talvez a melhor jogadora da competição, chamou a responsabilidade e desequilibrou para a equipe visitante, fechando o set em 25 a 23.