23 de fevereiro de 2024 07:22

Osasco soma 10 mil títulos de regularização entregues em sete anos
"Semana do cinema" começa hoje com ingressos a R$ 12
Vereadores de Cotia aumentam o próprio salário em 10,28% em um ano
Vôlei Osasco bate o Fluminense e chega a nona vitória seguida
Circo Stankowich se apresenta pela 1° vez em Barueri
Palmeiras volta à Arena Barueri em jogo contra Mirassol

23 de fevereiro de 2024 07:22

Osasco soma 10 mil títulos de regularização entregues em sete anos
"Semana do cinema" começa hoje com ingressos a R$ 12
Vereadores de Cotia aumentam o próprio salário em 10,28% em um ano
Vôlei Osasco bate o Fluminense e chega a nona vitória seguida
Circo Stankowich se apresenta pela 1° vez em Barueri
Palmeiras volta à Arena Barueri em jogo contra Mirassol
Volta às aulas em Osasco depende da vacina contra Covid

(Divulgação)

dev    -
17 de novembro de 2020

Durante entrevista coletiva nesta terça-feira (17), o prefeito de Osasco, Rogério Lins, falou sobre a previsão de início do próximo ano letivo. “Só vamos voltar com as aulas presenciais quando tivermos 100% de segurança. A gente prepara junto com o setor técnico da educação e junto ao setor epidemiológico um protocolo para o retorno. Como vai voltar já temos pronto, mas quando vai voltar depende da evolução da pandemia na nossa cidade. Vai depender da questão da vacina”.

A previsão é de que a vacina CoronaVac – produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan – esteja disponível a partir de janeiro. Projeções mais otimistas indicam que, talvez, em dezembro o governo do estado já inicie a imunização.

Caso as aulas não voltem logo no início do próximo ano a prefeitura irá permanecer com o cartão merenda. “Já pensando que pode acontecer algum tipo de dificuldade o governo vai manter o cartão merenda”.