Obra do campus da Unifesp Osasco está 97% concluída

 Obra do campus da Unifesp Osasco está 97% concluída

Divulgação

Em visita a Brasília, o prefeito Rogério Lins, esteve no Ministério da Educação para pedir recursos para investimentos em creches. A meta é quase zerar a fila de espera por vagas em Osasco. Ele disse que também tratou sobre a conclusão do prédio da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). “Falta pouco, menos de 3% de obra. A gente está confiante e espero inaugurar o campus no primeiro semestre de 2022”, disse. 

Em 14 de março de 2011 foram ministradas as primeiras aulas do campus Osasco em uma sede provisória, um prédio que pertencia à FAC-Fito (Faculdade de Ciências da Fito), no Jardim das Flores, e que foi cedido pela prefeitura à instituição até que o projeto do campus definitivo fosse concluído. 

A obra foi orçada, conforme o edital de licitação, em R$ 70 milhões. O edifício terá 24 mil m² de área construída, com uso da iluminação solar, sistema de captação da água da chuva para tratamento e reutilização e teto verde – onde são fixados algum tipo de vegetação em sua cobertura, com o objetivo de oferecer conforto térmico – o prédio será o mais moderno e sustentável da universidade. O modelo seguido foi o do Instituto de Ciência e Tecnologia do Campus São José dos Campos da Unifesp.

O prédio contará com biblioteca para 150 mil volumes, um auditório para 300 lugares, seis anfiteatros de 80 lugares, 20 salas de aula, laboratórios de ensino, centros de pesquisa, livraria, salas de professores, restaurante universitário e áreas administrativas.

A Unifesp Campus Osasco iniciou suas operações com turmas de Administração, Ciências Econômicas e Relações Internacionais, hoje já tem curso de Direito, Ciências Atuariais, Ciências Contábeis, além de mestrado em diversas áreas. Outro projeto é o de internacionalizar o campus, com a vinda de professores estrangeiros em parcerias para pesquisa e ensino. 

Da Redação