Ocupação de leitos de UTI em Osasco chega a 93,9% nesta segunda

 Ocupação de leitos de UTI em Osasco chega a 93,9% nesta segunda

Nesta segunda-feira (22) a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na rede municipal da Saúde de Osasco chegou a 93,9%. Já a taxa de ocupação de leitos de enfermaria é de 62,9%. Os dados foram confirmados pela comunicação da prefeitura ao Diário.

Na sexta-feira (19) o prefeito Rogério Lins anunciou a construção de mais 30 novos leitos no Hospital Municipal Antônio Giglio. Expectativa é de que unidades fiquem prontas em 10 dias após o início das obras.

Durante reunião online com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e mais de 400 prefeitos do estado, no domingo (21), o prefeito Rogério Lins defendeu medidas mais duras no combate à Covid antes mesmo do dia 30.

Lins não falou ‘abertamente’ sobre lockdown, mas deixou claro que se as estatísticas apontam para um colapso na Saúde, não se deve esperar até o final do mês. “Se o governo do estado com toda essa inteligência e todos esses dados estratégicos e sabe que as coisas estão acelerando estão crescendo e a gente pode chegar num colapso, a gente não espera até o dia 30, não”, afirmou.

Durante a reunião os prefeitos também debateram implantação de lockdown, antecipação de feriados, mais vacinas e ampliação de leitos de UTI. Na Capital foram antecipados cinco feriados como medida para conter o avanço do vírus.

Graciela Zabotto