• 26/07/2021

Onze bairros de Osasco ganharão rede coletora de esgoto

 Onze bairros de Osasco ganharão rede coletora de esgoto

Divulgação

A Sabesp está ampliando a rede coletora de esgoto em Osasco. A maior parte das obras se concentra na zona Norte. Até o final do ano devem ser contemplados, naquela região, os bairros Vila Menck, Jardim Baronesa, Jardim Rochdale, Munhoz Junior, Jardim Mutinga, Três Montanhas, Portal D’Oeste, Vila Ayrosa, Jardim Bonança e Jardim Maria Helena. No momento, as obras acontecem no Parque Bandeirantes.

Segundo a prefeitura, a estimativa é de que, somente este ano, a cidade receba cerca de 17 km de rede coletora de esgoto, mantendo o maior percentual na zona Norte. Até dezembro, cerca de 3.500 imóveis daquela região já estarão com novas ligações de esgoto em operação, realizando diretamente a coleta de esgoto na casa dos munícipes.

De acordo com a Sabesp, estão previstos investimentos de mais de R$ 500 milhões para ampliação e melhorias no esgotamento sanitário de Osasco no decorrer do contrato de concessão. A rede coletora de esgoto que está sendo implantada na rua Arujá (Parque Bandeirantes), por meio da empresa contratada Trail Infraestrutura.

Apesar da ampliação da rede de esgoto os moradores devem ficar atentos porque é de responsabilidade do responsável pelo imóvel instalar caixa coletora em sua casa. O prazo máximo para essa instalação é de até 60 dias após a conclusão da rede de esgoto na região. Caso essa ação não seja realizada, a Sabesp informará a prefeitura para que notifique o proprietário para regularizar a ligação de esgoto com base na Lei Municipal nº 4.579/13.

Em 2020, Osasco recebeu a implantação de 11 km de redes coletoras de esgoto, sendo 8 km na zona Norte e 3 km na zona Sul. No ano passado, cerca de 40 mil moradores foram beneficiados com as 8.800 ligações à rede de esgoto realizadas pela Sabesp. Ao todo, Osasco conta hoje com mais de 852 km de redes coletoras de esgoto, o que equivale a 86% do índice de cobertura de esgoto, com 152 mil imóveis conectados. 

Segundo a Sabesp, entre as obras de maior porte em andamento o destaque é a implantação do Interceptor ITi-5, que atenderá a região do Jardim Piratininga, e as obras de travessia do Rio Tietê e da Rodovia Castello Branco. Com início de operação previsto para o final de 2021, esse sistema permitirá encaminhar o esgoto coletado para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Barueri.

Já entre os projetos em fase de licitação está a obra do coletor-tronco Mutinga, que atenderá a região do Jardim Mutinga, Jardim Rochdale, Jardim Baronesa e Jardim Bonança, entre outros.