Osasco busca reabilitação contra Valinhos nesta terça

 Osasco busca reabilitação contra Valinhos nesta terça

Foto: Caio Henrique

O Osasco São Cristóvão Saúde foi superado pelo SESI Bauru, na sexta-feira, 18, no Ginásio Altos da Cidade, no interior paulista, pela Superliga Feminina 2021/2022.

As donas da casa fizeram 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/20 e 25/22. As osasquenses irão em busca da reabilitação nesta terça-feira, 22, quando encaram o Country Club em Valinhos.

“Sabíamos que seria um jogo difícil. Infelizmente, sofremos com erros e amargamos uma derrota bastante dolorida. Agora é seguir em frente, trabalhando muito e focando na próxima partida. A Superliga está longe de terminar e vamos seguir em frente pensando em chegar bem nas finais”, disse a atacante Tifanny.

Osasco sofreu com os erros no primeiro set. Mesmo assim, se manteve na briga pela vitória até o final. Michelle, com a regularidade de sempre, atacou no 18/19.

O empate veio com um erro das bauruenses no 19/19. Na reta final, as donas da casa conseguiram uma boa sequência de pontos e fecharam em 25/22.

O segundo set também foi complicado para Osasco. Depois do ace de Rachael Adams no 12/13, as donas da casa abriram quatro pontos (14/18), obrigando Luizomar a pedir tempo. Apesar da luta, as osasquense não conseguiram reagir e o Sesi Bauru fez 25/20, após um erro de saque da equipe da Grande São Paulo.

Osasco manteve-se na briga pela vitória no terceiro set até a metade da parcial, quando Bauru conseguiu deslanchar no placar e abrir seis pontos de vantagem (20/14).

Luizomar tentou alternativas na equipe, voltando Tifanny para a saída e colocando Carla na ponta. Michelle ainda marcou no 22/24. E, apesar das tentativas, Bauru fez 25/22 e fechou em 3 sets a 0.

Da Redação