• 11/05/2021

Osasco vai ganhar o maior complexo aquático da região

 Osasco vai ganhar o maior complexo aquático da região

foto Mari Magdesian

Em entrevista ao Diário da Região, o secretário municipal de Esportes, Rodolfo Cara, anunciou a construção de um dos maiores complexos aquáticos da região a ser instalado no Km 18, em Osasco. De acordo com ele, o projeto executivo já está quase finalizado. O próximo passo será a abertura de licitação pública para contratação da empresa. A obra está orçada em R$3,6 milhões e tem prazo de entrega de 18 meses.

Atualmente, a prefeitura tem 1700 alunos por mês só na natação entre alto rendimento, aulas para crianças e hidroginástica. Para atender esse público e também a periferia será feita parceria com os CEUs das zonas Norte e Sul. “Os moradores dessas regiões poderão fazer natação nestes dos centros educacionais. “Nós temos os profissionais e vamos fazer uma parceria com a Secretaria da Educação. Essas aulas serão no contra turno escolar”, explicou.

Rodolfo Cara disse que a meta principal da Secretaria será a descentralização. “O prefeito deseja que o esporte vá até os bairros”, explicou. Para isso será necessária a reforma de todos os ginásios e até a construção de um novo ginásio, ao lado do “osasquinho”, além da entrega de diversos campos de futebol e a utilização das piscinas dos CEUs, dentre outras medidas.

Cara garante que a visão da Secretaria voltada para o futebol será moldada. “Osasco será conhecida pelo vôlei, pelo futebol, mas também por outros esportes como futsal, basquete, natação, ginástica. Não apenas o alto rendimento, com atletas conhecidos, mas a cidade do esporte que chega em todos os bairros, para a comunidade”.

Quanto ao vôlei, que deixou Osasco conhecida internacionalmente e tem um time campeão mundial, a meta será investir na base com criação de algumas escolinhas nos bairros. Todas com apoio da Secretaria de Esportes. Um projeto paralelo ao do Bradesco. A parceria será com o técnico Luizomar de Moura, do vôlei feminino Osasco Audax e com Jhones Multiservice, que ganhou a concorrência para os profissionais de educação física. “É um trabalho da Secretaria de Esportes, não é com o núcleo Bradesco”, explica. Atualmente, o Bradesco investe na descoberta de novos talentos do vôlei, inclusive com equipe de jovens atletas disputando a série B.

O futebol ganha outro protagonismo, com escolinhas do Audax nos campos espalhados pela cidade. “O objetivo é valorizar o que já existe e fazer parceria, como por exemplo,  o tima da Vila Izabel passa ser também Audax, ficaria Vila Izabel Audax. O mesmo com o Eucalipto que passaria a ser Eucalipto Audax. Isso ajudaria a divulgar o time que é da cidade e daria continuidade a um projeto maior para Osasco. Para levar o esporte até a periferia a Secretaria conta com 70 professores profissionais e 45 estagiários.