Pandemia leva organizador do The Rock pedalar 400km

 Pandemia leva organizador do The Rock pedalar 400km

Com a chegada da pandemia da Covid-19, a vida de muitas pessoas virou de cabeça para baixo. Para o empresário Felipe Tambasco, organizador do The Rock, série de competições de Mountain Bike realizadas na cidade de Santana de Parnaíba, isso não foi diferente.

Afinal, além de ver seu negócio paralisado, a pandemia também afetou sua maior fonte de diversão e de contato social – as pedaladas e os eventos de bike. E foi justamente em busca de renovar sua relação com a bike que, em setembro de 2020, Tambasco realizou um Everesting: o desafio de escalar o equivalente aos 8.848 metros do Monte Everest, em uma única atividade, utilizando apenas uma subida. 

Em busca de uma nova superação pessoal, ele foi atrás de um novo desafio, capaz não só de renovar ainda mais seu amor pela bike, mas também de ajudar aqueles que mais precisam neste momento tão delicado pelo qual estamos passando: o Desafio 400, uma pedalada beneficente de 400 quilômetros pela Estrada dos Romeiros, ícone do ciclismo nacional, localizada no interior de São Paulo, e que tem entre as cidades de Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus um de seus trechos mais bonitos. 

“Depois do Everesting, consegui encaixar duas competições duras de ciclismo. Já havia me programado para outras provas, mas novamente tudo foi paralisado. Então, na falta dos eventos, comecei a bolar um novo desafio. A ideia dos 400 km veio da minha idade. Com 40 anos, pensei em fazer 10 para cada um”, explicou Tambasco. 

Além do desempenho na pedalada, as doações também quebraram recorde, registrando uma tonelada de alimentos arrecadados para instituições da cidade de Cabreúva – simplesmente mais do que o dobro do planejado. 

Francisco Rossi Junior

http://www.webdiario.com.br