Pit Bull de lingerie

 Pit Bull de lingerie

(Divulgação)

Tandara Caixeta, 32 anos, como muitos, teve sua vida bem afetada pela pandemia de coronavírus e viu seu sonho da Olimpíada ser adiado. A atleta, oposta do Osasco São Cristóvão Saúde, integrante da Seleção Brasileira de Vôlei, e conhecida carinhosamente pela torcida como Tandara Pit Bull, então decidiu se preparar ainda mais para Tóquio 2021 e tem usado seu tempo para viver mais a família – ela é casada e tem uma filha de 5 anos.

Como manter o rendimento em casa é mais difícil, a esportista decidiu dar uma levantada na autoestima e posou para um ensaio sensual de lingerie, algo não muito comum para ela. A surpresa não foi apenas para quem a acompanha nas redes sociais e está acostumado a vê-la de uniforme, mas para o marido Cleber, que acompanhou tudo de perto.

“Coloquei na minha cabeça que tinha que melhorar fisicamente, emagrecer mais um pouco e sentia falta de estímulo. Foi feito para elevar um pouquinho a minha autoestima. Saber que sou bonita de outra maneira”, disse a jogadora em entrevista exclusiva para a revista Vogue Brasil.

Em sua página no Instagram a jogadora comentou sobre a matéria: “É a certeza cada vez mais de que nós mulheres somos múltiplas né? Atleta, mãe, mulher! Somos muitas em uma só! Que a gente possa se amar cada dia mais”.

Na entrevista, além de falar sobre a expectativa para os Jogos Olímpicos, que serão realizados em agosto de 2021, a atleta também falou sobre a sua vida familiar, com o marido Cleber e a filha Maria Clara e sobre a polêmica quando teve o seu salário no Praia Clube rebaixado em 99,5% durante a sua gravidez, entre outros assuntos.

Da Redação