• 03/03/2021

Polícia Civil cumpre mandados de prisão, busca e apreensão em Barueri contra ‘gangue do motoboy’

 Polícia Civil cumpre mandados de prisão, busca e apreensão em Barueri contra ‘gangue do motoboy’

A Polícia Civil de Sorocaba, por meio da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), deflagrou, na manhã desta sexta-feira (12), a Operação Artificium. O objetivo da ação é desarticular uma organização criminosa conhecida como “gangue do motoboy”, que teria praticado crimes de estelionato e lavagem de dinheiro.

Segundo reportagem do portal de notícias G1.com.br, no total foram expedidos 12 mandados de prisão temporária e 20 mandados de busca e apreensão em Barueri, Bragança Paulista e Capital. Até o momento, 11 pessoas foram presas.

Foram cerca de seis meses de investigação. Tudo começou após o registro de alguns casos do “golpe do motoboy” onde o criminoso diz para a vítima que o cartão dela foi clonado. Em seguida, vai até a casa da pessoa afirmando que precisa retirar o cartão para que seja bloqueado. No entanto, com o cartão em mãos, o criminoso realiza vários saques e compras.

“Existem dois núcleos: o financeiro, responsável pela lavagem de dinheiro, e o operacional, que eram os que faziam as ligações, iam até a casa das vítimas, etc. Havia também uma empresa de telemarketing que trabalhava para esses golpistas com essa finalidade”, explica o delegado Felipe Orosco em entrevista ao G1.

Os suspeitos envolvidos no crime já foram identificados. Estima-se que eles tenham feito, pelo menos, 11 vítimas de Sorocaba e cidades da região. De acordo com o delegado, em poucos dias, a quadrilha conseguiu movimentar cerca de 8 a 10 milhões de reais. (com g1.com.br)