Polícia identifica dupla que teria matado motorista de App em Osasco

 Polícia identifica dupla que teria matado motorista de App em Osasco

Divulgação

Dois envolvidos na morte de um motorista de aplicativo no dia 7 de março, em Osasco, foram identificados no dia 16 de março por equipes do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil de São Paulo. Informações foram divulgadas nessa quarta-feira, 6 de abril.

O motorista tinha 42 anos e foi abordado enquanto estava parado em um semáforo na avenida Visconde de Nova Granada. Os criminosos anunciaram o assalto, a vítima saiu do carro e trocou tiros com os bandidos, mas foi atingido quatro vezes.

A dupla foi identificada depois que policiais do GOE prenderem, também no dia 16, um procurado pela Justiça. Contra ele foram localizados dois mandados de prisão em aberto, ambos por roubo.

O homem negou participação no latrocínio e indicou outro indivíduo, com quem dividia residência e que estaria envolvido com o crime ocorrido em março.

Em vistoria no local, consentida pelo suspeito, foi encontrada uma jaqueta que teria sido utilizada por um dos envolvidos no latrocínio.

O segundo suspeito não foi localizado; entretanto, os policiais identificaram o condutor de uma motocicleta e a arma de fogo utilizada.

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos foram formalmente qualificados e cadastrados em ocorrência lavrada pelo 8º DP de Osasco como captura de procurado, apreensão de objetos e de motocicleta.

Em nota, a polícia afirma que “também foi inserida a qualificação dos demais investigados, assim como as oitivas das testemunhas que identificaram objetos utilizados pelos criminosos e reconheceram os indivíduos como autores do latrocínio, que vitimou um motorista de aplicativo”. O crime de latrocínio é investigado pelo 6º DP de Osasco.

Da Redação