Polícia prende gangue do Onix preto que agia armada e assaltou muita gente

 Polícia prende gangue do Onix preto que agia armada e assaltou muita gente

Nesta semana, a equipe do doutor Marcelo José do Prado, delegado titular do 1° DP de Carapicuíba, prendeu os quatro integrantes da quadrilha do Onix preto.

Eles agiam armados e sempre em 4 dentro do carro. Fizeram várias vítimas na região. Todos moradores de Carapicuíba e com passagens pela polícia por roubo.

Os quatro também são responsáveis pela morte do agente penitenciário em março. O rapaz fazia bico de segurança, durante a noite, em um prédio em construção.

A gangue do Onix parou em frente a obra e desceu para furtar alguns materiais. Não sabiam que o local tinha vigia. Quando se depararam com o agente penitenciário, puxaram a pistola 380 e disparam um tiro à queima roupa na cabeça do segurança, que morreu na hora.

Eles fugiram e, desde então, a polícia passou a investigar o caso e chegou a imagens do Onix preto fugindo do local do crime.

Com ajuda de câmeras de segurança foi possível chegar ao veículo e a prender um dos bandidos que entregou os outros três.

Agora, os investigadores vão levantar as demais vítimas da quadrilha. Inicialmente, parece que escolhiam aleatoriamente quem iriam roubar. Só alguns assaltos foram planejados.

Há indícios que eles estejam envolvidos em um assalto a Banco em Alphaville, de onde teriam levado R$ 150 mil.

Maranhão Gomes