• 18/10/2021

Por vaga na final, Vôlei Osasco joga nesta sexta-feira

 Por vaga na final, Vôlei Osasco joga nesta sexta-feira

Foto: Caio Henrique

O Osasco São Cristóvão Saúde volta à quadra nesta sexta-feira (08) em busca da classificação para mais uma decisão de Campeonato Paulista. Se derrotar o Pinheiros na partida que começa às 21h30, no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo, fecha o playoff em 2 a 0 e avança para lutar pelo 15º título estadual de sua história 

O atual campeão Paulista fica então no aguardo do adversário que sairá do duelo entre Sesi Vôlei Bauru e Barueri, que acontece no sábado na Grande São Paulo. O SporTV 2 transmite a partida desta sexta para todo o Brasil.

A equipe osasquense está confiante após a vitória por 3 sets a 0, na noite de terça-feira (05), quando cerca de 1.200 torcedores (30% da capacidade do ginásio) puderam acompanhar a partida da arquibancada depois de 1 ano e sete meses em função de medidas de proteção contra a Covid 19. A partida marcou a estreia das centrais Fabiana e Rachael Adams, que devem compor o time base no segundo confronto contra o Pinheiros, ao lado de Fabíola, Tifanny, Carla, Michelle e Camila Brait.

Apesar do pouco tempo para trabalhar entre uma partida e outra da semifinal, o técnico Luizomar espera uma atuação mais consistente de sua equipe no ginásio do clube paulistano. “Ainda cometemos alguns erros, especialmente no terceiro, são pontos que vamos ajustar”, afirma o treinador.

O segundo jogo do playoff será o terceiro entre Osasco e Pinheiros na temporada 2021/22. Na fase de classificação do Paulista, as osasquenses venceram por 3 sets a 1. Repetiram o resultado, desta vez por 3 a 0, na abertura da semifinal. Os dois confrontos foram no José Liberatti. 

“O Pinheiros tem um time jovem e algumas das meninas jogaram com a gente na temporada passada, como a Kika e a Sonaly. Já nos enfrentamos duas vezes e todo mundo estará bem marcado em quadra. O importante é manter o foco, executar bem as jogadas e seguir o plano estratégico do Luizomar”, explica a líbero Camila Brait.