Prefeitura de Osasco contrata 50 vagas em hotéis para moradores de rua

 Prefeitura de Osasco contrata 50 vagas em hotéis para moradores de rua

Divulgação

A Secretaria de Assistência Social (SAS) da prefeitura de Osasco iniciou no dia 15 a operação inverno 2022 que, além de oferecer acolhida às pessoas em situação de rua nos serviços de acolhimento institucional, também fará a acolhida em redes hoteleiras parceiras. O Hotel Íbis – Osasco é um desses parceiros e já começou a receber alguns moradores.

 

Foram contratadas 50 vagas que serão utilizadas conforme se esgotarem as vagas nos centros de acolhida municipais. Nesse primeiro momento já estão hospedadas oito pessoas, e a expectativa é que todas as vagas sejam ocupadas até o final do inverno.

 

As pessoas contempladas no projeto recebem toda a assistência material necessária e são acompanhadas pela equipe técnica da Assistência Social, com encaminhamentos para emprego, saúde, regularização de documentos, contatos familiares, entre outros.

 

Tanto nos acolhimentos, quanto nos serviços de hospedagem, as pessoas em situação de rua recebem três refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar), e contam com um ambiente mais seguro para dormir, longe das baixas temperaturas e com acesso a higiene pessoal.

 

Como tem sido o caso do Sr. Tião, que conheceu o prefeito de Osasco, Rogério Lins, durante visita de boas-vindas feita aos acolhidos no Hotel Íbis, no dia 20.

 

“As pessoas em situação de rua, enquanto estão hospedados, também recebem orientações sobre programas sociais da prefeitura, como o Bolsa Aluguel, Programa Recomeçar e Osasco Integra. Preparamos eles para entrevistas de emprego e, quando conseguem recolocação, damos todo o suporte até poderem começar um novo capítulo em suas vidas, muito mais próspero”, explicou a diretora do Departamento de Proteção Especial, Danielle Bueno.

 

Durante a operação inverno, a equipe de Assistência Social realiza busca ativa de pessoas em situação de rua entre o período das 20h à 0h, quando a temperatura atinge 10 graus ou menos, colocando em risco de morte aqueles que dormem nas ruas. O serviço é feito por assistentes sociais e bombeiros civis (voluntários) e visa convencer quem dorme nas ruas a ir com a equipe para um centro de acolhida, quando a pessoa não aceita sair das ruas lhe é entregue cobertores ou sacos térmicos, agasalho e chocolate quente.

 

Munícipes que souberem sobre pessoas em situação de rua que necessitam de ajuda podem entrar em contato com a prefeitura pela Central 156 (24h/dia).

 

Serviços para acolhimento emergencial

. Serviço de Acolhimento Rochdale – Rua Belo Horizonte, 87

– Unidade Feminino e Famílias: Telefone: 3654-1996.

– Unidade Adulto Masculino: Telefone: 3654-2869.

Da Redação