• 16/04/2021

Profissionais da Educação devem fazer cadastro no vacinaja.sp.gov.br 

 Profissionais da Educação devem fazer cadastro no vacinaja.sp.gov.br 

Professores, diretores, merendeiras, faxineiras, cuidadores e demais profissionais que trabalham na área da educação devem preencher um cadastro para tomar a vacina contra Covid-19. O cadastro deve ser preenchido no site https://vacinaja.sp.gov.br, na aba ‘profissionais da educação’.

Embora o site do governo do estado já esteja cadastrando os profissionais, a prefeitura de Osasco informou que ainda não há data definida para o início da imunização na cidade. “Primeiro é feito o cadastro dos profissionais e depois a liberação da vacina por parte do governo do estado. Assim que chegarem as doses Osasco divulgará o calendário”, afirmou em nota ao Diário.

Na primeira etapa da vacinação contra a Covid-19 serão imunizados servidores e funcionários com idade a partir de 47 anos, das redes estadual, municipal ou privada.

No cadastro, os profissionais devem preencher dados como número do CPF, nome completo e e-mail. Após essa etapa, ele deverá receber um link por e-mail e validá-lo. Depois disso, o profissional vai precisar confirmar seus dados pessoais e indicar o nome da escola, a rede de ensino, o município e cargo ocupado.  

Para evitar fraudes, será preciso anexar os holerites dos meses de janeiro e fevereiro. Na sequência, o cadastro será analisado e, se validado, o profissional vai receber, em seu e-mail, o comprovante VacinaJá Educação, com um QRCode para verificação de autenticidade. 

No momento da vacinação, o profissional da educação deverá apresentar o comprovante VacinaJá Educação, RG e CPF para conferência dos dados pelo agente de saúde. Caso o usuário não apresente o comprovante VacinaJá Educação, ou o seu número de CPF não conste no comprovante apresentado, não poderá ser imunizado.

A prefeitura de Osasco ressalta que “esse cadastro não é um agendamento. Por isso, o profissional da educação deve ficar atento às regras de vacinação de sua cidade”.