Renata ‘paquera’ Eduardo Leite para parceiro de Moro

 Renata ‘paquera’ Eduardo Leite para parceiro de Moro

Divulgação

Renata Abreu, deputada federal e presidente nacional do Podemos, nunca escondeu a vontade de ter o ex-juiz Sergio Moro filiado ao partido para concorrer à presidência da República nas eleições do ano que vem.

Seu desejo se concretizou no início de novembro quando Moro assinou sua ficha de filiação em evento realizado em Brasília. Agora, a busca é pelo vice de Moro.

E corre nos bastidores da política que para esse posto Renata também já teria um ‘pretendente’: Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul e recém-derrotado nas prévias do PSDB.

No final de novembro, o tucano do Sul perdeu para João Doria, escolhido pelo partido para concorrer ao cargo de presidente do Brasil em 2022.

‘Rejeitado’ nas urnas do partido, Leite recebeu Sergio Moro e Renata Abreu na última sexta-feira (4), no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

Durante o encontro, eles falaram sobre os desafios da construção de um Brasil justo para todos por meio do combate às desigualdades sociais e da recuperação da economia, com a geração de emprego e renda para os brasileiros.

“Como combater as desigualdades sociais e gerar mais emprego e renda? Essa foi a conversa de Moro com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o deputado federal Maurício Dziedricki e eu, no Palácio Piratini, em Porto Alegre (RS). Falamos sobre esses desafios e concordamos que precisamos de um Brasil justo para todos”, divulgou Renata em suas redes sociais.

Graciela Zabotto