• 27/07/2021

Rogério Lins manterá Ana Maria Rossi como sua candidata a vice

Em evento realizado na noite desta quinta-feira (3), da pré-campanha de Rogério Lins para a disputa à prefeitura de Osasco, o prefeito anunciou Ana Maria Rossi para compor novamente a chapa como vice, ao seu lado, na corrida pelas eleições municipais 2020. Analisando a tradição na cidade e a trajetória política da família Rossi, e o fato de a parceria com Dona Ana vir dando certo nestes últimos quase 4 anos, Lins avaliou que “em time que está ganhando não se mexe” e salientou a amizade e a relação de confiança que tem com a companheira de mandato.

A composição da majoritária com Ana Maria já era esperada, já que nestes quase quatro anos nada a desabonou. O prefeito preferiu apostar no velho ditado: “em time que está ganhando, não se mexe”. Lins é apontado como o preferido nas pesquisas de intenção de voto. Ele aparece com margem de quase 30% de preferência do eleitor. Em segundo lugar está Emidio de Souza (PT) e, em terceiro, o vereador Lindoso (Republicanos).

A confirmação do nome de Ana Maria jogou por terra o desejo de muitos. O ex-secretário da Assistência Social, Cláudio Piteri, era um deles. Para não ter impedimento da legislação eleitoral, Piteri deixou o comando da Pasta, em agosto, na esperança de ser o escolhido. Ao longo dos últimos meses, vários nomes entraram e saíram da lista. Dentre eles até um adversário de Lins nestas eleições, o vereador Lindoso. Antes de optar em concorrer para prefeito, ele chegou a ser cogitado. As conversas não prosperaram e Lindoso lançou sua pré-candidatura.

Quem também almejou estar ao lado de Lins, na foto dos santinhos, foi o presidente da Câmara de Osasco, vereador Ribamar Silva. Foi avaliado como um forte candidato, mas não manteve o fôlego e acabou descartado. Voltando um pouquinho mais no reprise dessa novela, nos deparamos com outra peça no tabuleiro, Lau Alencar, presidente do PSD municipal, cujo partido estava negociando a composição com o prefeito. Assim como Ribamar, morreu na praia.

O ex-prefeito Francisco Rossi (PL) e a filha dele, vereadora Ana Paula Rossi (PL), também foram sondados. Ana Paula descartou de pronto e concorre à reeleição na Câmara. Já seu pai manteve o diálogo com Lins, nem sempre muito cordial.

 Mais recentemente, até o ex-prefeito Jorge Lapas (PDT), que disputou o 2º turno contra Lins (e agora é seu aliado), colocou Mônica Veloso como um nome forte dentro do PDT para ser vice. Quem diria. Os dois juntinhos. Não deu para Mônica que deve lançar candidatura a deputada federal nas próximas eleições.  Ana Maria Rossi é formada em Direito, já presidiu o Fundo Social de Solidariedade de Osasco por oito anos. Tem uma folha extensa de serviços prestados à cidade, sempre de forma prestativa e voluntária. É atualmente vice do prefeito Rogério Lins, casada com o ex-prefeito Francisco Rossi, há 52 anos, mãe de Ana Lucia, Ana Paula e Francisco Rossi Júnior.