Lins quer gerar 10 mil emprego até dezembro

 Lins quer gerar 10 mil emprego até dezembro

(Foto Eliane Tafu)

Prefeito de Osasco e candidato à reeleição, Rogério Lins (Podemos) disse que quer gerar mais de 10 mil novas vagas de emprego até o final do ano, para isso ele afirmou que tem conversado pessoalmente com grandes empresários que desejam instalar suas empresas na cidade. O objetivo não poderia ser outro: criar novas oportunidades de trabalho para o osasquense, principalmente em um momento onde muitos ficaram desempregados por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus.

“Osasco será a primeira cidade da região metropolitana a se recuperar economicamente. Estão chegando aqui a Havan, o MercadoCar e a Rappi, que irão gerar muitos empregos para nossa população”, afirmou.

A chegada da startup colombiana Rappi foi anunciada este mês. O processo de mudança da sede da empresa para a cidade está em fase final, mas a instalação no município, envolvendo processos jurídicos e burocráticos, já está oficializada.

A Havan foi anunciada em agosto. A megaloja será construída rua Werner Battenfelder, s/n, em Presidente Altino, atrás do campo da Ford, em um terreno que mede cerca de 20 mil m2 e tem fácil acesso tanto para quem vem do interior do estado como da capital paulista. O local ainda terá espaço de conveniência e estacionamento com capacidade para 650 vagas.

Durante o anúncio da chegada da Havan na cidade, o prefeito ressaltou que a loja vai abrir quase 200 vagas só para moradores do município. A previsão é de que as estruturas pré-fabricadas e metálicas sejam implantadas em 60 dias e a obra seja concluída em 180 dias.

Já o prédio da MercadoCar, rede conhecida como shopping das autopeças, está em construção na Avenida dos Autonomistas. Além dessas três novas empresas Osasco já conta com iFood, Mercado Livre, Dafiti e B2W – empresa de comércio eletrônico que reúne Submarino, Shoptime e Americanas.com.

Graciela Zabotto