“Saúde pública não tem CEP. A gente tem que atender, acolher e cuidar”, diz Lins

 “Saúde pública não tem CEP. A gente tem que atender, acolher e cuidar”, diz Lins

Foto: Caio Henrique

Durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 16, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, falou sobre a reformulação do PS Osmar Mesquita, Zona Norte da cidade.

A unidade, que atualmente está fechada para reforma, será reaberta com o novo sistema de atendimento que já foi implantado no PS Santo Antônio.

“Percebemos que que a política pública implantada no PS Santo Antônio deu certo. Lá temos painel eletrônico, pulseira colorida [para indicar tipo de atendimento] e tem sido muito elogiado. Tem dado resultado. Se a gente percebe que uma política pública melhora o atendimento e dá resultado vamos adotá-la”.

Ele ainda falou que quer dar ao morador de Osasco a segurança de que ele será bem atendido no município, não precisando recorrer à rede de Saúde pública dos municípios vizinhos. Em geral, moradores da região do PS Osmar Mesquita buscam atendimento na saúde municipal de Barueri.

“Naquele ponto especial da Zona Norte muitas pessoas acabam, por não se sentirem seguras em serem atendidas em Osasco, indo para cidades vizinhas. E eu falei que não quero que isso aconteça em nosso município. E isso eu falo com muito respeito porque saúde pública não tem CEP. A gente tem que atender, acolher e cuidar”, disse.

Graciela Zabotto / Maranhão