• 03/03/2021

Scandicci, da Itália, terá a central Bia para a próxima temporada

 Scandicci, da Itália, terá a central Bia para a próxima temporada

foto Caio Henrique

O Scandicci Savino Del Bene, time de vôlei feminino da região da Toscana, na Itália, definiu dois reforços para a próxima temporada, a central Bia, atualmente no Osasco São Cristóvão Saúde e a ponteira Natália, do Dínamo Moscou, e que jogou em Osasco de 2006 à 2011. A informação original é do site www.volleyball.it e foi publicada no brasil pelo Web Vôlei.

Ana Beatriz Correa, a Bia, tem 29 anos, é uma selecionável com grandes chances de disputar a próxima edição olímpica, tem toda a carreira construída no vôlei brasileiro. Está em sua quarta passagem por Osasco, e já defendeu Sesi Bauru, Praia Clube e Sesc RJ.

Começou a carreira nas categorias de base do próprio Osasco, onde entre outros títulos foi: campeã do Sul-Americano de Clubes (2011), da Superliga 2011-12 e os Campeonatos Paulistas de 2016 e 2020.

Já, Natália, de 31 anos, atualmente no vôlei da Rússia, tem uma forte ligação com a cidade, onde chegou com apenas 16 anos, em 2006 e jogou até 2011. Campeã olímpica em 2012 a ponteira é a mais cotada para ser capitã da Seleção Brasileira nos jogos de Tóquio.

O Scandicci não tem nenhum título em sua galeria de conquistas, mas é semifinalista da atual edição da Champions League feminina de vôlei. No campeonato local a sua melhor colocação foi um terceiro lugar na temporada 2017/2018

Em seu elenco o time conta com as ponteiras estrangeiras Vasileva, da Bulgária e Megan Courtney, dos Estados Unidos. Além das selecionáveis italianas Petrini e Lucia Bosetti. Já no meio de rede, as apostas são as jogos Lubian, de apenas 20 anos e Cecconello, de 21.