Trem abre porta do lado errado na estação Quitaúna

 Trem abre porta do lado errado na estação Quitaúna

Divulgação

Um trem da CPTM abriu as portas do lado errado quando parou na estação Quitaúna, da Linha 8-Diamante, na manhã dessa segunda-feira, 17.

Quando a composição chegou na estação, ela abriu as portas para embarque e desembarque de passageiros dos dois lados do trem, inclusive aquele que fica voltado para os trilhos.

O erro operacional colocou em risco a vida dos passageiros que estavam dentro do trem e próxima das portas.

Ao Diário dos Trilhos a CPTM, por meio de nota, confirmou o ocorrido e afirmou que não houve feridos, ressaltando que a transição entre CPTM e ViaMobilidade está em andamento desde o ano passado e que será concretizada no próximo dia 27 de janeiro.

Leia abaixo a nota na íntegra:

“Às 8h06 desta segunda-feira, 17 de janeiro, um trem apresentou falha, abrindo as portas do lado oposto à plataforma na estação Quitaúna da Linha 8-Diamante. A equipe técnica atuou para normalizar o trem que voltou a circular sem outra intercorrência. Não houve feridos.

A partir do dia 27 de janeiro, a operação, manutenção, conservação e melhorias das linhas 8-Diamante e 9-Esmeraldade de trens metropolitanos passam a ser responsabilidade da ViaMobilidade Linhas 8 e 9.

A concessionária venceu o leilão realizado pelo Governo do Estado em abril de 2021. Ao longo dos próximos 30 anos, as linhas 8 e 9 receberão novas composições, terão as estações modernizadas, além de ter uma série de mudanças estruturais exigidas em contrato.

A transição da operação entre CPTM e ViaMobilidade Linhas 8 e 9 teve início após a assinatura do contrato, no começo do segundo semestre de 2021 e, desde então, reuniões de consultoria, transferência de funções e treinamentos de equipes têm sido realizados dentro do processo de incorporação das linhas. Estas atividades se intensificaram no último bimestre e são supervisionadas pelo governo do Estado de SP, e por auditoria independente, obedecendo as normas contratuais que são transparentes e públicas.

Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM), CPTM e ViaMobilidade Linhas 8 e 9 reafirmam seu compromisso com a segurança e, por isso, têm trabalhado de forma intensa e conjunta para uma transição tranquila e segura. Tudo para preservar os ativos patrimoniais e atender todas as cláusulas regulatórias previstas em contrato, e principalmente, cumprir com a prestação de um serviço sustentável e de respeito aos passageiros”. (fonte: diariodostrilhos.com)

Da Redação