Três cidades somam 7 mil que não voltaram para 2ª dose

 Três cidades somam 7 mil que não voltaram para 2ª dose

Três cidades da região somam 7.075 moradores que tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e não voltaram para tomar a segunda. Médicos e especialistas têm orientado sobre a importância do cidadão completar o ciclo vacinal, isso porque os estudos dos imunizantes foram feitos com a aplicação de duas doses. Ou seja, a eficácia prometida pelas farmacêuticas só é garantida com as duas aplicações.

Em Barueri 2.590 moradores deles não completaram o ciclo de imunização. De acordo com a prefeitura, a Secretaria da Saúde está realizando um trabalho de busca ativa para aplicar a segunda dose. O relatório não informou o número total de faltosos por faixa etária.

Em Jandira a administração municipal informou que 2.279 pessoas não voltaram para receber a 2ª dose. De acordo com a Secretaria da Saúde, a maior incidência de faltosos está na faixa etária dos 40 a 49 anos, com 584 pessoas; em seguida estão os moradores entre 30 e 39 anos, com 457 faltosos; entre 50 e 59 anos, com 434; entre 60 e 69 anos, com 371; entre 70 e 79 anos, com 241; entre 80 e 89 anos, com 84; e entre 20 e 29 anos, com 66 faltosos. Já acima de 90 anos, 32 pessoas não retornaram para a segunda dose. Entre os mais jovens, de 18 e 19 anos, nove não voltaram. Já abaixo de 18 anos apenas um morador não se apresentou.

Já em Santana de Parnaíba os faltosos somam 2.206 moradores. A prefeitura também informou o número de pessoas que não completaram o ciclo vacinal. Com 718 faltosos a faixa etária entre 60 a 69 anos lidera no topo da lista de ausências. No segundo lugar do ranking dos faltosos estão os moradores entre 30 e 39 anos, com 447 pessoas. A lista segue com as idades entre 40 a 49 anos, com 380; entre 50 a 59 anos, com 311; entre 70 e 79 anos, com 173; entre 20 a 29 anos, com 88 e entre 80 e 89 anos, com 64. Doze moradores com mais de 90 anos não voltaram para tomar a vacina. Já entre os 18 e 19 anos os faltosos somam 13. 

Os dados foram apurados até o dia 17 de agosto. As cidades de Osasco, Itapevi e Carapicuíba não informaram o número de faltosos até a publicação dessa reportagem.

Graciela Zabotto