Vereador pede que cinemas tenham sessões adaptadas para autistas

 Vereador pede que cinemas tenham sessões adaptadas para autistas

Divulgação

Tramita na Câmara Municipal de Carapicuíba o Projeto de Lei 3.046/2022 que determina a realização de sessões de cinema adaptadas para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas famílias. A proposta foi apresentada pelo vereador professor Ladenilson (MDB).

 

A iniciativa prevê que sejam realizadas em todas as salas de cinema de Carapicuíba, no mínimo uma vez ao mês, sessões destinadas a crianças e adolescentes com o TEA. Durante essas sessões não poderão ser exibidas publicidades comerciais, as luzes deverão estar levemente acesas e o volume do som será reduzido.

 

O projeto também permite as pessoas possam ter livre circulação dentro da sala, entrada e saída durante a exibição do filme. As salas com as sessões especiais deverão ter na entrada o símbolo mundial do TEA fixado.

 

“Esta iniciativa, também conhecida como Sessão Azul, já é realidade em cidades paulistas como São Carlos, Paulínia, Guarulhos e Araçatuba, e tem como objetivo a inclusão das pessoas portadoras do Espectro Autista, que muitas vezes se veem impossibilitadas de frequentar as salas de cinema convencionais”, explicou Ladenilson. Dados recentes apontam que cerca de 1% da população mundial é portadora deste transtorno.

 

Da Redação