Vereadora conta que UTI neonatal está lotada e pede mais uma maternidade 

 Vereadora conta que UTI neonatal está lotada e pede mais uma maternidade 

Foto: Ricardo Migliorini

A vereadora pastora Cristiane Celegato (Republicanos) disse em sessão ordinária na Câmara Municipal de Osasco que a UTI neonatal, da maternidade Amador Aguiar, está lotada. 

Segundo ela, situação foi constatada durante uma visita à unidade juntamente com outros parlamentares que compõem a Comissão da Saúde. 

“A maternidade de Osasco é de médio e alto risco e atende toda a região. Lá são feitos cerca de 500 partos por mês e 6 mil por ano. A UTI está lotada e eles acabam fazendo remanejamento da criança”, disse a vereadora. 

Ela comentou sobre a reforma que está sendo realizada na unidade, mas afirmou que não há mais espaço para expandir leitos e ampliar capacidade de atendimentos. 

“Nós precisamos de uma unidade 2 da maternidade Amador Aguiar. Uma unidade que seja para atender casos de alto risco. Gostaria que essa sugestão fosse analisada com muito carinho pela prefeitura e nós temos condições. Se conseguíssemos fazer uma unidade 2 teríamos vagas ampliadas e seríamos um município de referência nessa parte de maternidade”, concluiu.

Graciela Zabotto