Vereadores aprovam criação de ‘pipódromo’ do Pelé

 Vereadores aprovam criação de ‘pipódromo’ do Pelé

Divulgação

Por 17 votos favoráveis a Câmara de Osasco aprovou, em primeira discussão, o projeto de lei 103/2019 que propõe a criação de um ‘pipódromo’ na cidade. A proposta foi apresentada pelo vereador Pelé da Cândida (MDB) e é chamada de “Brinquedo legal – pipas sem corte”, isso porque também inclui a realização de uma semana educativa sobre o risco do uso do cerol.

“Fiquei feliz de ver que a Juliana [da AtivOz] esteve andando no Rochdale e viu que ali tem um espaço muito bom para fazer o ‘pipódromo’ ao lado do córrego do Ribeirão Vermelho. Isso é muito importante porque vejo vários amigos aqui e conhecidos que tivemos a oportunidade de soltar pipa com segurança e, infelizmente, hoje os nossos jovens não têm esse espaço. E é um espaço que a gente tem que criar”, comentou Pelé na tribuna durante sessão ordinária desta terça-feira (17).

De acordo com o PL, a semana educativa deverá orientar sobre o modo correto de utilização de pipas com fotos, palestras com representantes da Guarda Civil, Bombeiros, Concessionária de Serviço Público de Energia Elétrica, “reforçando assim o modo perigoso da má utilização da pipa e da linha cortante”.

Também deverão ser realizadas oficinas de pipas e organização de concurso e exposição de pipas com a participação da prática pelos alunos, pais e populares. “Todas as zonas da cidade deverão oferecer locais seguros para realização de eventos cursos, campeonatos de pipas, afastados de locais movimentados e redes de energia elétrica”, completou Pelé no documento.

A matéria deverá ser votada em segunda discussão. Caso seja aprovada novamente ela seguirá para sanção ou veto do prefeito Rogério Lins (Podemos).

Graciela Zabotto