Will Smith se interna em clínica de reabilitação após tapa em Chris Rock

 Will Smith se interna em clínica de reabilitação após tapa em Chris Rock

Divulgação

Envergonhado após protagonizar um momento icônico e inesperado durante cerimonia de entrega do Oscar,  Will Smith, 53 anos, decidiu se internar em uma clínica de luxo frequentada por ricos e famosos. O ator quer relaxar e se recuperar do estresse vivido na noite em que foi premiado como melhor ator por seu trabalho no filme “King Richards, criando campeãs”.

A informação é do jornal The Sun que publicou: “O impacto da reação atingiu Will com força, então ele receberá ajuda para lidar com o estresse. Esta é, sem dúvida, a batalha de sua carreira. Será um retiro de alto nível usado pelos ricos e famosos e ele fará muita busca de alma e descobrirá como pode seguir em frente. Ele fará muita busca em sua alma e trabalhará para descobrir como pode seguir em frente”, continuou o informante. “Will espera que a conversa avance para que ele possa voltar e salvar sua reputação e carreira”.

PEDIDO DE DESCULPAS
Após o famoso tapa após piada envolvendo sua esposa Jada, Will Smith enviou pedido publico de desculpas e informou que estava se retirando da Academia do Oscar. Ele declarou a revista “Variety”: “Respondi diretamente ao aviso de audiência disciplinar da Academia e aceitarei integralmente todas e quaisquer consequências por minha conduta. Minhas ações na apresentação do 94º Oscar foram chocantes, dolorosas e imperdoáveis. A lista daqueles que machuquei é longa e inclui Chris (Rock), sua família, muitos de meus queridos amigos e entes queridos, todos os presentes e o público global em casa”.

No mesmo texto ele seguiu se retratando: “Eu traí a confiança da Academia. Privei outros indicados e vencedores de sua oportunidade de celebrar e ser celebrado por seu trabalho extraordinário. Estou de coração partido. Quero colocar o foco de volta naqueles que merecem atenção por suas realizações e permitir que a Academia volte ao incrível trabalho que faz para apoiar a criatividade e a arte no cinema. Portanto, estou me renunciando da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e aceitarei quaisquer outras consequências que o Conselho julgar apropriadas. A mudança leva tempo e estou comprometido em fazer o trabalho para garantir que nunca mais permita que a violência ultrapasse a razão”.

No final de 2021 Jada Smith compartilhou em seu Instagram um vídeo falando sobre a doença e explicando os motivos de ter a cabeça raspada. Ela esclareceu o diagnóstico de alopecia, doença inflamatória que resulta na queda dos cabelos.

“Cheguei ao ponto em que só posso rir. Vocês sabem que eu tenho lidado com a alopecia e, do nada, apareceu essa falha aqui. Olhem só. Ela veio do nada e vai ser mais difícil de esconder. Então achei melhor mostrar para todos, para não surgirem dúvidas”, afirmou.

Tratando a doença com alto astral, na época ela ainda brincou: “Cheguei ao ponto em que só posso rir. Vocês sabem que eu tenho lidado com a alopecia e, do nada, apareceu essa falha aqui. Olhem só. Ela veio do nada e vai ser mais difícil de esconder. Então achei melhor mostrar para todos, para não surgirem dúvidas”.

Will Smith deu um tapa na cara no comediante Chris Rock, 57, por causa de uma piada sobre a cabeça raspada de sua esposa.

“Quer saber? É só colocar a porr* de uma peruca, como todos no Oscar, caso isso te incomode tanto. Todos nós temos uma aparência pior quando envelhecemos. Você faz o que pode para lidar com isso”, afirmou no programa “Real Time”.

CHRIS ROCK COLHE FRUTOS DO TABEFE

Enquanto Smith busca ajuda profissional para se curar das feridas deixadas por seu ataque de fúria, Chris Rock continua sua turnê de Stand Up pelos Estados Unidos,  colhendo frutos do momento polêmico, com ingressos esgotados para todas as apresentações.

Em sua participação no Oscar, Chris Rock fez pouco caso da esposa de Smith dizendo que mal podia esperar ver Jada em um novo filme “Até o Limite da Honra 2”, longa estrelado por Demi Moore que mostra a atriz de cabeça raspada.

Após a repercussão do caso, o comediante usou suas redes sociais para tentar se desculpar: “Eu gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Eu passei dos limites e estava errado. Estou envergonhado e minhas ações não foram indicativas do homem que quero ser. Não há lugar para violência em um mundo de amor e bondade”, declarou.

Mas internautas mais atentos rapidamente mostraram que não é de hoje que Rock usa o problema de Jada Pinkett Smith em suas gracinhas. Em uma participação no programa “The Chris Rock Show”, nos anos 90, ele surgiu zombando de Jada, durante participação da atriz na marcha Million Women, evento dedicado ao empoderamento feminino realizado na Filadélfia, Estados Unidos, em 1997.

“Sabe, na March Million Women, houve discursos emocionantes de pessoas como Maxine Waters, Winnie Mandela, e aqui estão algumas palavras inspiradoras da adorável Jada Pinkett”, disse Chris Rock. Na ocasião o comediante alterou o áudio do discurso de  Jada para justificar sua piada. Outro momento constrangedor aconteceu no Oscar de 2016, quando a atriz decidiu boicotar o evento por causa do #OscarsSoWhite. Rock fez graça falando de Rihanna e da decisão de Jada em não participar do evento: “Jada boicotar o Oscar é como eu boicotar a calcinha de Rihanna…Não fui convidado”.

Um pôster visto na vitrine do clube de comédia de Nova York Stand Up NY, avisa os clientes que qualquer insulto ou violência física contra humoristas não serão tolerados. O aviso é uma reação ao tapa que o ator Will Smith deu em Chris Rock durante a 94ª edição do Oscar em 27 de março, reagindo à piada apresentada por Rock sobre a cabeça raspada da esposa de Smith, que sofre de alopecia. (Ofuxico.com.br)

Da Redação