Zé Roberto Guimarães recusa propostas da Europa e fica no Barueri

 Zé Roberto Guimarães recusa propostas da Europa e fica no Barueri

Divulgação

O técnico tricampeão olímpico José Roberto Guimarães recusou propostas financeiramente atraentes da Europa e confirmou que vai permanecer no Barueri Vôlei para a temporada 2022/2023. Há 19 anos no comando da seleção feminina do Brasil, o treinador foi procurado este ano por dirigentes turcos e russos.

 

Um deles, da Rússia, levou até contrato para o brasileiro assinar. O Fenerbahce, da Turquia, que já tem Ana Cristina e contará com Macris na próxima temporada, foi outro interessado.

 

Mas o treinador entendeu que a saída para o exterior poderia significar o fim da equipe paulista, importante laboratório para a renovação do vôlei brasileiro, uma vez que ele é o responsável por correr atrás de investidores. “Sempre acontecem consultas no meio da temporada. Mas eu sei que se eu sair do Barueri, será um problema, pelo fato de eu estar ali correndo atrás de patrocínio”, afirmou o técnico ao portal LANCE!.

 

O técnico tenta a cada ano ampliar o leque de apoiadores tanto para o time adulto quanto para as categorias de base, mas ainda não consegue sustentar o projeto sem utilizar do próprio dinheiro. A equipe anunciou no dia 17 de maio a Zaiden como nova fornecedora de materiais esportivos, conquista importante para aliviar despesas e buscar maior aproximação com os fãs. Zé conta com o suporte de sua filha, Anna Carolina, na direção do grupo.

 

“Hoje está muito difícil. Mas a gente vai tentando, ajuda de um lado, do outro, com pires na mão. Temos de dar um jeito de continuar, porque temos as categorias de base, desde o sub 14 até o sub 21, e depois o adulto. Do nosso time principal, 50% das atletas são das categorias de base. Temos esse DNA e tratamos com muito carinho. Minha saída implicaria possivelmente no término do projeto, e ele é uma razão de viver minha e da minha família”, disse o técnico de 67 anos. (com www.lance.com.br e @portaldasuperliga)

 

Da Redação