21 de junho de 2024 18:36

Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
Valdir Roque diz que “candidatura de João Paulo depende dele”
MP consegue ampliar em 50% pena de quadrilha do Pix
150 policiais e 80 viaturas já estão na divisa de Osasco com Carapicuíba
Última semana do Arraiá de Barueri tem axé, pagode, forró e sertanejo
Prefeito inaugura 4ª Cia da Polícia Militar na Vila Ayrosa

21 de junho de 2024 18:36

Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
Valdir Roque diz que “candidatura de João Paulo depende dele”
MP consegue ampliar em 50% pena de quadrilha do Pix
150 policiais e 80 viaturas já estão na divisa de Osasco com Carapicuíba
Última semana do Arraiá de Barueri tem axé, pagode, forró e sertanejo
Prefeito inaugura 4ª Cia da Polícia Militar na Vila Ayrosa
AGM Brasil sugere setor de Inteligência nas Guardas Municipais contra pancadões

Divulgação

Da redação     -
17 de janeiro de 2024

Em entrevista ao Diário da Região, Reinaldo Monteiro, presidente da Associação das Guardas Municipais do Brasil, disse que nesta semana deve receber o resultado da enquete sobre perturbação do sossego feita no site da AGM para mapear os pontos críticos em cada município da região Oeste da Grande São Paulo.

A enquete perguntava aos moradores onde era comum a realização de “pancadão e baile funk” e também questionava sobre os chamados “rolezinhos”, nome dado à bagunça em via pública com motos barulhentas, principalmente durante a madrugada. Sobre os “rolezinhos”, Reinaldo explicou que uma saída prática seria o treinamento dos Guardas Municipais para averiguação, multa e apreensão do motoqueiro flagrado fazendo arruaça.

Segundo ele, hoje, o Código Brasileiro de Trânsito unificou as competências, ou seja, antes o que era competência somente dos estados agora também passou a ser dos municípios. Em outras palavras, escapamento irregular cabe apreensão e o município pode fazer essa apreensão por meio da Guarda Municipal.

“A prefeitura tem que preparar o guarda municipal para essa fiscalização. Tem que oferecer curso especifico, talão de multa, tudo certinho. E o guarda vai poder fazer a aferição, aplicar a multa e recolher essa moto ao pátio. O que antes era competência do agente se trânsito, agora cabe também à Guarda Municipal”, explicou o presidente da AGM Brasil.

Pancadões e bailes funk

Já quanto aos tópicos da enquete ligados aos pancadões e bailes funk, a AGM Brasil pretende compilar os dados e sentar com os prefeitos da região para propor a criação de um Setor de Inteligência dentro das Guardas Municipais. A enquete vai ajudar a mapear os locais onde acontecem essas perturbações do sossego.

Já o investimento em Inteligência vai permitir que a Guarda Municipal consiga evitar a formação dos pancadões. Seria agir com prevenção e não punição. Depois de organizado a dispersão dos pancadões e bailes funk exigem medidas mais enérgicas por parte das forças policiais, com multa e até prisões aos infratores. O Setor de Inteligência das Guardas Municipais ajudaria detectar o local antes do pancadão ser formado.

“A gente precisa identificar esses pontos porque hoje nós temos muita tecnologia à nossa disposição”, explicou Reinaldo Monteiro. “Investir nessa proposta contra a perturbação de sossego vai ao encontro do que já conseguimos no ano passado, que foi a inclusão dos municípios e Guardas Municipais no Sisbin (Sistema Brasileiro de Inteligência). Essa foi uma conquista da AGM Brasil junto ao governo federal. Conseguimos fazer com que fosse alterado o Decreto sobre o Sistema Brasileiro de Inteligência, então hoje todas as Guardas Municipais do Brasil podem e devem integrar o Sistema Brasileiro de Inteligência”, finalizou Monteiro.