22 de junho de 2024 00:43

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA

22 de junho de 2024 00:43

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
AtivOz explica o que é escola cívico-militar e repudia violência na votação

Divulgação

Da redação     -
23 de maio de 2024

A vereadora de Osasco Juliana da AtivOz considerou absurda a confusão entre estudantes e Polícia Militar durante votação do projeto de implantação de escolas cívico-militares no estado de São Paulo.

Ela explicou como irão funcionar essas escolas e qual será a atuação dos policiais da reserva dentro das unidades.

A parte pedagógica e administrativa será comandada pelo núcleo civil, composto por professores, diretores e coordenadores. O núcleo militar ficará responsável pelas atividades extra-curriculares e por garantir a segurança e disciplina dentro das unidades. Policiais Militares da reserva serão chamados para essa função com salário extra de até R$ 6 mil.

A mandata ArivOz é contra esse modelo de escola porque defende investimento na carreira dos professores e a contratação de psicólogos e assistentes sociais e gastos para remunerar policiais da reserva,.que terão salários superiores ao dos professoras.

O tema é polêmico e, na terça-feira (21), gerou conflito entre estudantes e PM durante votação do projeto na Assembleia Legislativa de São Paulo. A propositura foi aprovada e seguiu para sanção do governador Tarcísio de Freitas que é favorável a este modelo escolar.