29 de fevereiro de 2024 18:41

Juiz solta ladrão que apanhou da vítima após tentativa de roubo de moto no km 39
Osasco registra mais de 305 mil faltosos em consultas médicas
Alunos de Osasco lançam livro para despertar interesse de jovens a empreender
Prefeitura de Osasco entrega reforma do CREAS Sul
Parque Chico Mendes terá aula aberta sobre crise climática
Em Brasília Camila Godoi busca recursos para saúde de Itapevi

29 de fevereiro de 2024 18:41

Juiz solta ladrão que apanhou da vítima após tentativa de roubo de moto no km 39
Osasco registra mais de 305 mil faltosos em consultas médicas
Alunos de Osasco lançam livro para despertar interesse de jovens a empreender
Prefeitura de Osasco entrega reforma do CREAS Sul
Parque Chico Mendes terá aula aberta sobre crise climática
Em Brasília Camila Godoi busca recursos para saúde de Itapevi
Batista Comunidade volta a pedir esgoto para 'Rua da Bosta'

Divulgação

Graciela Zabotto    -
09 de fevereiro de 2024

Em Osasco o vereador Batista Comunidade voltou a pedir esgoto para a rua Diadema, na Vila Menck, conhecida como ‘Rua da Bosta’ pelo forte mau cheiro. Ele já tinha levado esse mesmo problema à tribuna durante o seu segundo mandato na Casa de Leis osasquense.

Na tribuna, durante sessão ordinária de quinta-feira (8), ele contou que a implantação de rede de esgoto na ‘Rua da Bosta’ e outras vias da Vila Menk é um pedido que ele faz há cerca de oito anos, mas com o anúncio da privatização da Sabesp pelo governador Tarcísio de Freitas as tratativas para implantação da rede de esgoto não surtiram resultados.

“Estivemos com alguns engenheiros lá e fizemos um estudo para captar todo esse esgoto. A proposta era colocar um coletor tronco para o Jardim Platina. Levamos quase oito anos para fazer isso e o governador anunciou a privatização da Sabesp. O que aconteceu? O nosso trabalho de oito anos foi por água abaixo. E aí eu pergunto: O governador tem bosta em frente à casa dele? Não tem”, desabafou Batista na tribuna.

O parlamentar ainda ressaltou que, mesmo com a privatização da Companhia, o governo do estado precisa se posicionar sobre a implantação da rede de esgoto na ‘Rua da Bosta’ e vias próximas. “Que dê uma resposta pelo trabalho que a gente fez lá atrás. A gente vem sofrendo porque a população não aguenta mais esse cheiro dentro das casas”, finalizou.