21 de maio de 2024 10:39

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança

21 de maio de 2024 10:39

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança
Saúde de Osasco convoca 427 servidores para Dia D contra Polio

(Divulgação)

dev    -
16 de outubro de 2020

Neste sábado (17) acontece o Dia D de vacinação contra a Poliomielite em todo estado de São Paulo. Em Osasco, a prefeitura convocou 427 profissionais da saúde, entre enfermeiros e técnicos de enfermagem, para atuarem nas 35 Unidades de Saúde que estarão abertas, das 7h às 17h, para receber o mutirão.

O objetivo durante a campanha também será atualizar a carteirinha de vacinação de crianças e adolescentes entre 0 e 14 anos de idade, reforçando a proteção contra paralisia infantil (pólio) nos menores de 5 anos. Outras idades podem verificar a situação vacinal e, se necessário, podem tomar as vacinas.

No total, serão oferecidas 14 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças: BCG (tuberculose), rotavírus (diarréia), poliomielite oral e intramuscular (paralisia infantil), pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo b – Hib), pneumocócica, meningocócica, Meningo ACWY, DTP, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), HPV (previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais), além das vacinas contra febre amarela, varicela e hepatite A.

Os pais ou responsáveis devem levar as crianças a uma das 35 UBSs com a carteira de vacinação em mãos para que um profissional avalie quais doses precisarão ser aplicadas, tanto para eventual situação de atraso, falta ou necessidade de reforço.

A campanha contra a Poliomielite também acontece nas Unidades Básicas de Saúde das cidades da região.