20 de abril de 2024 06:59

Marcos Neves anuncia José Roberto como pré-candidato a prefeito em Carapicuíba
Renata Abreu lança abaixo-assinado para SUS Animal
Laércio Mendonça diz que só deixa cadeira do PSD por “decisão da lei”
Vereadores criticam comissionados da Prefeitura por dificultar processos
“Parece que somos 21 pamonhas aqui dentro”, diz Santa Maria
"Cada ano de trabalho da gente é considerado dois do povo aí fora”, diz vereador

20 de abril de 2024 06:59

Marcos Neves anuncia José Roberto como pré-candidato a prefeito em Carapicuíba
Renata Abreu lança abaixo-assinado para SUS Animal
Laércio Mendonça diz que só deixa cadeira do PSD por “decisão da lei”
Vereadores criticam comissionados da Prefeitura por dificultar processos
“Parece que somos 21 pamonhas aqui dentro”, diz Santa Maria
"Cada ano de trabalho da gente é considerado dois do povo aí fora”, diz vereador
Doria confirma plano B de vacinação contra Covid e critica governo federal

(Divulgação)

dev    -
26 de novembro de 2020

Durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, nesta quinta-feira, 26, o governador do estado João Doria criticou o fato do governo federal ainda não ter elaborado um plano nacional de imunização contra a Covid-19. Segundo ele, esse tipo de planejamento não vai faltar para os moradores do estado.

“Temos plano B de imunização com a vacina. Se o governo federal não apresentar um plano de imunização sério e bem estruturado São Paulo fará o seu programa de imunização, sim. Temos estrutura e não vamos esperar que mais pessoas morram por coronavírus sem a aplicação de vacina”.

Na última segunda-feira, 23, o governo estadual anunciou que o estudo clínico da CoronaVac chegou à fase final e os resultados sairão já na primeira semana de dezembro. Os resultados serão enviados pelo Comitê Internacional independente na primeira semana de dezembro para que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) analise o relatório para verificação da vacina desenvolvida pelo Butantan em parceria internacional com a biofarmacêutica Sinovac Life Science.

A previsão é que até janeiro, o Butantan espera deter 46 milhões de doses da vacina. Como o processo de produção deste tipo de imunizante é bastante similar ao dos demais fabricados e desenvolvidos pelo instituto paulista, uma campanha de vacinação poderá começar tão logo a Coronavac seja registrada pela Anvisa.