22 de junho de 2024 01:16

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA

22 de junho de 2024 01:16

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
Homem é preso por tentar extorquir e ameaça "armar" contra prefeito, ouça

Divulgação

Da redação     -
10 de junho de 2024

Um homem por nome de Milton Santana, conhecido como “Boca Rica”, foi preso na manhã desta segunda-feira (10), acusado de extorquir o Prefeito de Cajamar, Danilo Joan (PSD). Boca Rica foi ex-assessor da ex-prefeita de Cajamar, Paula Ribas. Ele também fez ameaças.

Áudios vazados mostram que Boca Rica tentou extorquir o prefeito, pedindo dinheiro e contratos na Prefeitura de Cajamar. O mandado de prisão foi cumprido nesta segunda-feira e expedido pelo juiz de Cajamar.

Em um dos áudios vazados, Boca Rica, como é conhecido, pode ser ouvido dizendo: “E eu falei exatamente isso pro Danilo, falei véi, eu não quero muita coisa, eu não quero muita coisa, eu não sou guloso, eu não preciso de 35 milhões com Franco da Rocha, me dá um “milhãozinho” de contrato aí dois “milhãozinho” de contrato, pra mim fazer o meu esquema aí, eu tenho firma aberta eu tenho tudo, tá dentro do contexto, eu não quero dinheiro me arruma pra eu comprar uma casinha cara, chamei o cara mostrei aqui veio to aqui nessa situação, to dormindo aqui pá, o cara falou me liga, vou ficar ligando pro cara não sou put* cara, vai tomar no c** dele, vou por pra torar, vou prender ele. Minha tia me falou, ó, calma, deixa passar o que tá passando ai em janeiro nos vamo montar um esquema e vamos fod**r com ele.” – diz Boca Rica em um dos áudios gravados.

Telefone do acusado será analisado

A polícia teve acesso aos telefones de posse de Milton Santana e a investigação continuará. Acredita-se que ele tenha cúmplices que supostamente fomentavam essas práticas. Outras pessoas podem ser presas conforme as investigações avançam.

A reportagem do Destaque Regional tentou falar com o acusado, no momento em que foi preso, mas ele respondeu de forma grosseria ao repórter. (matéria publicada com exclusividade pelo jornal Destaque Regional)