17 de julho de 2024 13:39

Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C
Veja imagem de ladrões de se rendendo após perseguição pela GCM
Bairros da Zona Norte vão ganhar três pontes em agosto
Ecopontos recolhem mil toneladas de resíduos por mês
"Carga Segura" vistoria 35 caminhões e multa 10 motoristas

17 de julho de 2024 13:39

Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C
Veja imagem de ladrões de se rendendo após perseguição pela GCM
Bairros da Zona Norte vão ganhar três pontes em agosto
Ecopontos recolhem mil toneladas de resíduos por mês
"Carga Segura" vistoria 35 caminhões e multa 10 motoristas
Mais de 7 mil alunos do 3º ano vão receber notebooks em Osasco

Divulgação

Da redação     -
18 de janeiro de 2024

Neste ano, cerca de 7,2 mil alunos da rede municipal de Osasco que vão estudar no 3º ano do ensino fundamental terão acesso aos notebooks.

O prefeito Rogério Lins explicou que durante as férias escolares esses aparelhos, que foram usados pelos alunos do 3º ano em 2023 e hoje irão estudar o 4º ano, estão sendo formatados e preparados para a nova turma.

Os notebooks contam com extensor USB, modem para acesso à internet, fone de ouvido, mouse e fonte bivolt.

Com os computadores, os estudantes têm acesso a uma ampla variedade de ferramentas, conteúdos e jogos que complementam suas atividades em sala de aula. Para isso, equipamentos contam com recursos inovadores, incluindo softwares de comunicação, ferramentas educacionais e soluções de apoio pedagógico.

Em março do ano passado, durante entrevista ao Diário da Região, o secretário da Educação de Osasco, Cláudio Piteri, disse que os notebooks contam com um sistema de georreferenciamento, uma espécie de ‘gps’ que indicará onde o equipamento está caso seja necessário encontrá-lo.

“Eles são georreferenciados, um sistema que vai mostrar a localização do notebook. Além disso, a forma como os notebooks foram configurados faz com que não tenham valor comercial por causa de suas limitações e etc. Por isso nós não temos muita preocupação em relação a isso. Não adianta querer vender o notebook porque não vai conseguir. Ele já é configurado de uma forma a não ser atraente para esse tipo de mercado”, citou Cláudio Piteri na ocasião.

Para garantir que qualquer aluno de qualquer lugar possa acessar o seu conteúdo pedagógico, a prefeitura contratou o pacote de serviços de conectividade e uma ‘máquina virtual’.

Ou seja, o notebook do estudante estará apenas emulando uma máquina na nuvem, moderna e atualizada e, com isso, o aparelho vai precisar somente de uma conexão boa com a internet para funcionar. Ou seja, nenhum aluno poderá dar a desculpa de que a máquina travou e não pode concluir determinada tarefa.

No total, a Secretaria da Educação de Osasco entregou, no ano passado, mais de 24 mil notebooks aos alunos do 3º, 4º e 5º anos.

A entrega dos aparelhos faze parte do projeto Conecta OZ, que visa aprimorar as condições de ensino e aprendizagem.

Fotos: