29 de fevereiro de 2024 19:23

Juiz solta ladrão que apanhou da vítima após tentativa de roubo de moto no km 39
Osasco registra mais de 305 mil faltosos em consultas médicas
Alunos de Osasco lançam livro para despertar interesse de jovens a empreender
Prefeitura de Osasco entrega reforma do CREAS Sul
Parque Chico Mendes terá aula aberta sobre crise climática
Em Brasília Camila Godoi busca recursos para saúde de Itapevi

29 de fevereiro de 2024 19:23

Juiz solta ladrão que apanhou da vítima após tentativa de roubo de moto no km 39
Osasco registra mais de 305 mil faltosos em consultas médicas
Alunos de Osasco lançam livro para despertar interesse de jovens a empreender
Prefeitura de Osasco entrega reforma do CREAS Sul
Parque Chico Mendes terá aula aberta sobre crise climática
Em Brasília Camila Godoi busca recursos para saúde de Itapevi
Osasco comemora aniversário com cachorro-quente de 62 metros
Da redação     -
29 de janeiro de 2024

Para comemorar o aniversário de 62 anos de Osasco, a Prefeitura fará no Calçadão da rua Antônio Agú fará um cachorro-quente gigante com 62 metros. Evento acontece no dia 24 (sábado), às 12 horas.

Além do mega dogão, o evento será marcado pela maior distribuição de cachorro-quente do Brasil, com 7,4 mil lanches.

Os números por trás desse feito são impressionantes. Para o dogão de 62 metros e os 6 mil lanches individuais, serão utilizadas 8,5 mil salsichas, 500 kg de purê, 45 kg de batata palha, 32 litros de ketchup, 32 litros de mostarda e 150 kg de queijo ralado.

Apenas para o cachorro-quente gigante, serão 62 metros de pão, sendo 4 unidades de 10 metros cada e outros dois de 11 metros, 2,5 mil salsichas, 200 kg de purê de batatas, 15 kg de batata palha, 12 litros de ketchup, 12 litros de mostarda e 50 kg de queijo ralado.

Após montado, o cachorro-quente será cortado em 6 mil lanches individuais que serão distribuídos para a população que estiver acompanhando o evento.

A montagem

À zero hora do dia 24, a equipe responsável vai iniciar o preparo do cachorro-quente gigante. O tempo previsto para a produção e montagem do dogão é de 12 horas.

A equipe é formada por um líder padeiro e um diretor do projeto, supervisores, coordenadores, nutricionista responsável, 20 técnicos em panificação, motoristas, ajudantes, 15 abastecedores de insumos, 4 faxineiros, 54 seguranças, 40 dogueiros e 130 guarda-lanches.

Depois de pronto, os organizadores terão apenas 30 minutos para cortar e distribuir os 1,4 mil pedaços, buscando uma marca no RankBrasil como a maior distribuição de cachorro-quente do país. Caso cumpra as exigências, Osasco entra novamente para o RankBrasil.

Osasco já conquistou dois títulos em 2023, certificados pela empresa Ranking Brasil: o maior cachorro-quente contínuo do Brasil e a maior distribuição de cachorro-quente. Agora, em 2024, a cidade busca superar essas marcas com um dogão ainda mais grandioso.

A ação é promovida pela Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Econômico (SETIDE) e outras Pastas, contando com o apoio da MM Foods.

Patrimônio Cultural

O prefeito Rogério Lins sancionou, em outubro de 2023, a Lei nº 5.279 que declara o cachorro-quente como patrimônio cultural e imaterial osasquense.

A Lei é originária do projeto nº 3/2023, de autoria dos vereadores pastora Cristiane Celegato (Republicanos) e Michel Figueredo (Patriota), apresentado na Câmara Municipal e aprovada em duas discussões.

Osasco conta com quase 200 carrinhos de cachorro-quente licenciados, distribuídos entre a região central e os bairros. Na área central, cada carrinho vende de 25 a 60 lanches por dia, dependendo do tempo e também do movimento no comércio. Nos bairros, os ambulantes chegam a vender entre 15 a 35 lanches por dia.