26 de maio de 2024 05:02

Aposta de Osasco leva prêmio de 1,2 milhão na Lotofácil
Capotamento "trava" Raposo Tavares no sentido Capital
Tarcísio autoriza 16 radares na Raposo entre Cotia e SP; veja locais
Ana Paula Rossi deixa Câmara de Osasco por um mês
Cajamar faz Expo Emprego com maior oferta de vagas da história da Região Metropolitana
Emidio diz que “escola não é quartel” sobre escola cívico-militar

26 de maio de 2024 05:02

Aposta de Osasco leva prêmio de 1,2 milhão na Lotofácil
Capotamento "trava" Raposo Tavares no sentido Capital
Tarcísio autoriza 16 radares na Raposo entre Cotia e SP; veja locais
Ana Paula Rossi deixa Câmara de Osasco por um mês
Cajamar faz Expo Emprego com maior oferta de vagas da história da Região Metropolitana
Emidio diz que “escola não é quartel” sobre escola cívico-militar
Osasco faz Dia D contra gripe neste sábado, dia 13

Divulgação

Da redação     -
12 de abril de 2024

A Prefeitura de Osasco realiza neste sábado (13), das 9h às 16h e em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), o Dia D contra a gripe. Podem receber o imunizante pessoas que fazem parte do grupo prioritário.

Neste dia, além da vacinação contra a gripe, as UBSs oferecerão outras vacinas do calendário vacinal.

Já a partir de segunda-feira (15), a Prefeitura inicia a campanha de imunização contra gripe também com foco no grupo prioritário.

A vacinação estará disponível em todas as UBS durante os horários de atendimento regulares.

Os horários de funcionamento de cada UBS podem ser consultados no link: https://osasco.sp.gov.br/secretaria-de-saude/#ubs

Para mais informações, o interessado deve entrar em contato no telefone 156 ou 3651-7080.

Quem faz parte do grupo prioritário?

Podem tomar a vacina: crianças com idade a partir dos 6 meses até menores de 6 anos; gestantes; puérperas até 45 dias após o parto; idosos com 60 anos ou mais; indígenas e quilombolas; profissionais das redes públicas e privadas da saúde e da educação; profissionais das forças de segurança e salvamento; profissionais do sistema prisional; profissionais das forças armadas; profissionais portuários e do transporte coletivo rodoviário; pessoas em situação de rua; população privada de liberdade; pessoas com comorbidades; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis; pessoas com deficiência permanente; adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas e caminhoneiros.