26 de maio de 2024 05:21

Aposta de Osasco leva prêmio de 1,2 milhão na Lotofácil
Capotamento "trava" Raposo Tavares no sentido Capital
Tarcísio autoriza 16 radares na Raposo entre Cotia e SP; veja locais
Ana Paula Rossi deixa Câmara de Osasco por um mês
Cajamar faz Expo Emprego com maior oferta de vagas da história da Região Metropolitana
Emidio diz que “escola não é quartel” sobre escola cívico-militar

26 de maio de 2024 05:21

Aposta de Osasco leva prêmio de 1,2 milhão na Lotofácil
Capotamento "trava" Raposo Tavares no sentido Capital
Tarcísio autoriza 16 radares na Raposo entre Cotia e SP; veja locais
Ana Paula Rossi deixa Câmara de Osasco por um mês
Cajamar faz Expo Emprego com maior oferta de vagas da história da Região Metropolitana
Emidio diz que “escola não é quartel” sobre escola cívico-militar
Polícia prende pastor que estuprou quatro sobrinhas

Divulgação

Maranhão Gomes     -
16 de maio de 2024

O pastor evangélico José Geraldo Gomes Ribeiro, de 63 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (16) sob suspeita de estuprar mulheres jove umns, incluindo três sobrinhas, como mostra investigação da Polícia Civil de Vargem Grande Paulista.

A prisão, por tempo indeterminado, foi determinada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), a partir de relatos e provas levantados durante a investigação. José Geraldo foi preso em casa, na mesma cidade.

Segundo a delegada Francini Ibrahin, o pastor praticava abusos sexuais há mais de 30 anos. Uma das supostas vítimas, sobrinha dele, atualmente com 41 anos, disse à polícia que foi estuprada pelo religioso quando tinha 8 anos de idade.

A vítima decidiu revelar à família os abusos que teria sofrido do pastor na infância. Depois disso, a filha dela, de 16 anos, afirmou que também havia sido estuprada pelo religioso.

Em depoimento, a mulher afirmou que os abusos ocorreram “quando não haviam adultos por perto”, no sítio ou na casa de José Geraldo. Por ser pastor evangélico, acrescentou ela, o acusado estava “sempre rodeado de crianças”.

No núcleo familiar, até o momento, a Polícia Civil identificou três vítimas que afirmam ter sido estupradas pelo pastor e uma que teria sido alvo de uma tentativa de abuso sexual. Com exceção da mulher de 41 anos, as outras vítimas são adolescentes, sobrinhas de José Geraldo, com idades entre 14 e 16 anos.

A delegada Francini Abrahin acrescentou que, além delas, “há diversas vítimas” que ainda não foram identificadas, assim como a igreja da qual o pastor faz parte.

O religioso foi preso por estupro de vulnerável, em sua residência, no bairro Jardim São Marcos, por volta das 7h desta quinta-feira. A defesa dele não havia sido localizado até a publicação desta reportagem. O espaço segue aberto para manifestação.