21 de junho de 2024 23:02

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA

21 de junho de 2024 23:02

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
“Prefeitos, visitem a Saúde de Barueri para ver como a região sobrecarrega a cidade”, diz Toninho

Divulgação

Da redação     -
05 de junho de 2024

Em Barueri o presidente da Câmara, Toninho Furlan (Solidariedade), sugeriu ao vereador Fabião (MDB) que convide os prefeitos das cidades vizinhas para visitarem as unidades de saúde de Barueri e verificar quantos moradores de sua cidade são atendidos na rede municipal.

A sugestão foi dada durante sessão ordinária desta terça-feira (4). Fabião, que é pré-candidato a prefeito, teria criticado a superlotação dos Prontos-Socorros e demais unidades de saúde da cidade.

“Seria prático o senhor, como oposição hoje, criticar o governo com relação à superlotação na área da saúde, mas seria legal o senhor cobrar os prefeitos e falar: ‘Senhor prefeito, venha até o Pronto-Socorro central de Barueri e veja quantas pessoas do seu município estão sendo atendidas aqui’.”, falou Toninho Furlan.

Ele relatou que os prefeitos das cidades vizinhas precisam atender os próprios moradores. “Seria bonito quando vossa excelência cobrasse os prefeitos das nossas cidades vizinhas para que eles atendessem a população das cidades deles. Para que eles cuidassem do povo e não deixasse Barueri cuidar do povo de todas as cidades da região”, completou o presidente.

Toninho Furlan ainda ressaltou que a saúde não nega atendimento a moradores de outros municípios. “Claro que tem uma demora muito grande [no atendimento] porque Barueri é a mãe de todos. Acode os nossos irmãos vizinhos que não tem para onde correr quando estão doentes”, finalizou.