22 de junho de 2024 00:38

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA

22 de junho de 2024 00:38

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
Protesto da Cultura termina na delegacia em Carapicuíba

Divulgação

Da redação     -
18 de dezembro de 2023

A manifestação do artistas de Carapicuíba, contra a prorrogação da prefeitura no repasse de verba da Lei Paulo Gustavo, terminou na delegacia.

O vereador professor Naldo registrou boletim de ocorrência no 1° DP alegando agressão física sofrida por uma funcionária pública. A acusada também abriu b.o. pelo mesmo motivo.

Na manhã desta segunda-feira (18), alguns artistas e o vereador protestaram em frente ao gabinete do prefeito Marcos Neves.

Eles são contra o adiamento do repasse do dinheiro dos artistas para março de 2024. De acordo com o edital da Lei Paulo Gustavo, o depósito deveria ser feito entre 18 e 22 de dezembro desse ano.

Durante a manifestação, o secretário da Cultura e Turismo, Evaldo Claudino, disse que iria receber apenas a Comissão Municipal de Cultura.

O vereador Naldo foi barrado e o jornalista do portal CarapicuíbaTV também, embora ambos afirmassem fazer parte da comissão de negociação. Começou a confusão que acabou na delegacia.

O Conselho de Cultura da cidade disse que sequer foi consultado sobre a mudança na data de pagamento e classificou a gestão Marcos Neves como autoritária e desrespeitosa com a classe artística da cidade.

A reportagem do Diário tentou contato com a Secretaria da Cultura para saber o que ficou resolvido na reunião. Até o fechamento desta edição não havia retorno. O espaço segue aberto.