22 de junho de 2024 19:23

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA

22 de junho de 2024 19:23

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
Sindicato protesta contra demissões no Bradesco

(Foto SeebSP)

Da redação     -
01 de dezembro de 2020

Os protestos contra as demissões realizadas pelo Bradesco em plena pandemia, o que fere compromisso público assumido pelo banco, chegaram a Cotia. As atividades, realizadas nesta segunda-feira, 30, ocorreram em duas agências do banco – no Centro e no Parque Bahia. O Bradesco encerrou os primeiros nove meses de ano com 95.934 empregados, com redução de 3.338 postos de trabalho em doze meses e 772 agências fechadas no período.

“Em plena pandemia, o Bradesco está demitindo milhares de pais e mães de família. Por isso, realizamos o protesto, para dialogar com bancários e a população sobre a política de cortes adotada pelo banco. Não existe justificativa para as demissões”, disse o dirigente do Sindicato e bancário do Bradesco, Alexandre Bertazzo. Somente com o que arrecada com tarifas e serviços bancários, receita secundária, o Bradesco cobre em 135,4% o total das suas despesas com pessoal, incluindo a PLR. (com sp.bancarios.com.br)