20 de abril de 2024 08:01

Marcos Neves anuncia José Roberto como pré-candidato a prefeito em Carapicuíba
Renata Abreu lança abaixo-assinado para SUS Animal
Laércio Mendonça diz que só deixa cadeira do PSD por “decisão da lei”
Vereadores criticam comissionados da Prefeitura por dificultar processos
“Parece que somos 21 pamonhas aqui dentro”, diz Santa Maria
"Cada ano de trabalho da gente é considerado dois do povo aí fora”, diz vereador

20 de abril de 2024 08:01

Marcos Neves anuncia José Roberto como pré-candidato a prefeito em Carapicuíba
Renata Abreu lança abaixo-assinado para SUS Animal
Laércio Mendonça diz que só deixa cadeira do PSD por “decisão da lei”
Vereadores criticam comissionados da Prefeitura por dificultar processos
“Parece que somos 21 pamonhas aqui dentro”, diz Santa Maria
"Cada ano de trabalho da gente é considerado dois do povo aí fora”, diz vereador
Vôlei Osasco contrata oposta Karine Schossler

(Foto Joao-Piris)

Mari Magdesian    -
22 de setembro de 2020

A oposta Tandara disputou a primeira Superliga em 2005, aos 16 anos. Na temporada 2007/2008, chegou a Osasco, onde conquistou seu primeiro título: o Paulista 2007. Já a ponteira Natália não havia completado 15 anos quando deixou a casa dos pais, em Joaçaba, Santa Catarina, para disputar sua primeira Superliga, em 2004.

Em comum, as duas atletas, hoje grandes nomes do Brasil para a Olimpíada de Tóquio, tinham a orientação do técnico Luizomar, responsável também pela primeira convocação de ambas para a seleção brasileira de base. O DNA formador do treinador se reflete no trabalho no Osasco Audax/São Cristóvão Saúde há anos.

E segue na temporada 2020/21. Um dos clubes mais tradicionais do vôlei feminino do país confirma a contratação de Karine Schossler. Aos 20 anos e 1,81 metro de altura, a atleta chega com a missão de ser a segunda oposta da equipe que tem como titular a própria Tandara. Gaúcha nascida em Ijuí, Karine Schossler já vinha treinando em Osasco, esperando a chance de ser efetivada.

“Comecei aos 13, de forma despretensiosa. Aos 15, saí de casa para o mundo do voleibol. Foi onde me encontrei. Faço o que mais gosto e estou feliz pela oportunidade de defender um clube tão grande como Osasco”, declara a oposta, que defendeu a equipe do Asa Vôlei Valinhos na temporada passada da Superliga.