22 de junho de 2024 00:54

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA

22 de junho de 2024 00:54

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
Moradores de Osasco organizam manifestação contra "Nova Raposo"

Divulgação

Da redação     -
03 de junho de 2024

No próximo dia 9 de junho, às 9h, os moradores da região de Osasco realizarão uma manifestação pacífica contra o projeto “Nova Raposo”. A concentração ocorrerá no bairro km 18, próximo ao supermercado Barbosa.

O movimento, denominado “Ocupa Raposo”, reúne cidadãos preocupados com as mudanças previstas para a rodovia Raposo Tavares.

Os manifestantes exigem a suspensão imediata do projeto que prevê a privatização do trecho entre Cotia e São Paulo e a instalação 6 pontos de pedágios nos dois sentidos.

Eles são contra a demolição de moradias, escolas e empresas para abertura de novas faixas de rolagem e até vias marginais como acontece na rodovia Castelo Branco entre Alphaville e São Paulo.

Além disso, os moradores pedem a implementação de um corredor de ônibus e a extensão do Metrô até Cotia, como soluções para o problema do trânsito na rodovia.

A manifestação promete chamar a atenção para os impactos sociais e econômicos das alterações propostas pelo “Nova Raposo”, enfatizando a importância de alternativas que atendam melhor às necessidades da comunidade local.